Anúncio
InícioNotíciasPor trás das lentes - Heartstopper

Por trás das lentes – Heartstopper

Por Leonaria Lima

Lançada em abril de 2022, Heartstopper é uma série adaptada do bestseller de mesmo nome, que faz parte de uma série de livros escritos por Alice Oseman. Com apenas 8 episódios, a primeira temporada já conquistou diversas pessoas ao mostrar o protagonismo de Nicholas “Nick” Nelson (Kit Connor) e Charlie Spring (Joe Locke), sua relação com os amigos, com a família e entre eles.

Ambientada na Inglaterra em um período escolar, a série remonta a vida de Charlie, um adolescente que, atualmente, estuda em uma instituição só para garotos. Antes de ir para lá, ele estudava em uma escola mista, local onde conheceu Tao, Elle e Aled, seus melhores amigos. Contudo, enquanto Tao e Aled passaram a estudar com ele na escola só para rapazes, Elle precisou ir para uma escola que só aceita garotas. Entretanto, essa separação não segregou o grupo; ainda assim, eles continuam com a mesma amizade de sempre.

Logo no início, somos apresentados ao Charlie: um gentil rapaz, amante de música, ótimo corredor, mas que, eventualmente, sofre bullying por ser abertamente – ainda que contra sua vontade – gay. Dentre as diversas problemáticas, ele está envolvido sigilosamente com Ben, outro rapaz que não quer estragar sua reputação de hétero sendo visto com ele em público. Perceber que estava apenas sendo usado e tentar reagir para acabar com esse envolvimento é o estopim que desenvolve toda a narrativa desta temporada.

Ao conhecer Nick, um colega de classe, Charlie passa a desenvolver uma amizade com ele, principalmente após receber sua ajuda para se desvencilhar de uma das investidas abusivas do Ben. Ainda que tenha ficado afim do Nick, um aparente jovem hétero, ele não quer estragar nada, dando ênfase à amizade, porém, com a ajuda de seus amigos, eles passam a investigar as relações amorosas atuais do rapaz. Dentre várias suspeitas, descobrem que não está envolvido com ninguém, e, mesmo querendo proteger o Charlie de sofrer mais uma vez por mais um rapaz, os dão a informação.

A amizade passa a evoluir quando Nick descobre que Charlie é um excelente corredor e o convida para participar da equipe de Rugby, no qual ele é o melhor jogador. A decisão passa a requerer uma importante cautela, pois de um lado temos o grupo de amigos de Charlie, que sofre bullying, e , de outro, o grupo de amigo de Nick, os bullies. Entretanto, ele dá uma jogada de fé e aceita.

Com a amizade se desenvolvendo e eles se aproximando cada vez mais, Charlie passa a adentrar locais que outrora não ousaria entrar. Dentre as diversas outras problemáticas são jogadas em cena, como a homofobia e a humilhação feita pelos bullies, o resultante isolamento feito pelo Charlie é algo notável, mas que, felizmente, seu amigo Nick se põe ao lado para combater.

Enquanto isso, na escola feminina, a dificuldade de Elle, aluna nova naquele local, para fazer amizades passa a receber ênfase. Mas, que, por notar entrelinhas nas relações de outras colegas de classe, a garantiu, posteriormente, novas amigas.

Heartstopper é uma série que traz um progressivo desenvolvimento de um romance a partir de uma nova amizade vinda em um bom momento. Uma das maiores belezas da série está em seu roteiro: sem pressa e com bastante carinho, os diálogos desenvolvidos em conjunto com a atuação nos levam para um lugar feliz. A trilha sonora, banhada a pop e rock indie, preenchem diversas situações com significados extras, desenvolvendo uma gostosa ambientação sonora. Em conjunto, a direção de arte, indicando os sentimentos pontuais dos personagens de forma singular é uma marca característica, que por sinal, soma à fofura desta história. A fotografia nos traz uma gostosa paleta de cores e planos muito bem usados, ainda mais quando são construídos em um estilo HQ.

O romance, inicialmente, secreto dos garotos, que, despretensiosamente, vira uma jornada de aceitação e autodescoberta é desenvolvido com uma simplicidade e sensibilidade sem igual. Os momentos de atitudes carregadas de ousadia, de coragem e de justiça tomadas pelos personagens certamente somam às nossas percepções. Vale a pena assistir.

Confira o trailer:

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúnio -
Google search engine

Mais Populares

Comentários Recentes

Receba notícias
NE 360
Assinar!
Não enviaremos spam. Seus dados protegidos.