Anúncio
Google search engine
Google search engine
InícioCovid-19Petrônio Spinelli diz que "não foi acertada" a decisão do governo Bolsonaro...

Petrônio Spinelli diz que “não foi acertada” a decisão do governo Bolsonaro pelo fim do Estado de emergência sanitária

Após muita pressão de Bolsonaro, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou ontem o fim do Estado de emergência sanitária nacional em decorrência da pandemia da covid-19. Queiroga disse que nos próximos dias irá editar um ato normativo para encerrar a ESPIN (Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional).

A reportagem do ne360 conversou com o médico e ex-secretário de Saúde do RN, infectologista Petrônio Spinelli, sobre a decisão do governo Bolsonaro de decretar o fim do estado de emergência sanitária nacional, o especialista foi enfático; “a decisão não foi acertada! Afinal de conta, o mundo ainda vive sob a orientação da OMS de que não se deve relaxar. Já existem novas cepas, né? E a China tá mostrando qual é o caminho.”  

Spinelli acrescenta que “o caminho tem que ficar muito alerta. Vai flexibilizando, mas tem que manter a emergência porque é mais fácil mobilizar se houver o surto, um recrudescimento em alguma região, algum estado, é mais fácil sob estado de emergência.”

O infectologista afirma ainda que a decisão do governo Bolsonaro é, mais uma vez, baseada em critérios políticos e não científicos; “na verdade, é uma decisão que envolve muito mais os aspectos simbólicos políticos do que os aspectos de segurança tá, de segurança sanitária”.

Petrônio Spinelli reconhece que houve avanços para o mundo se livrar da pandemia, mas é uma precipitação; “não quer dizer que realmente a situação não esteja bem melhor, né? Objetivamente o que acontece é que a pandemia, como pandemia, modificou muito o seu perfil e realmente mais cedo ou mais tarde vai ser considerada que não é mais pandemia. Mas que é uma precipitação em cima de uma coisa importante, dura e dramática que foi essa pandemia”, conclui.

Brasil, mais uma vez, na contramão do mundo

O Comitê de Emergência da OMS (Organização Mundial da Saúde), comunicou que a covid-19 ainda é “um evento extraordinário que continua a afetar negativamente a saúde das populações em todo o mundo, representa um risco contínuo de propagação”

“SARS-CoV-2 continua a ter uma evolução viral imprevisível, que é agravada por sua ampla circulação e intensa transmissão em humanos, bem como a introdução generalizada de infecções em uma série de espécies animais com potencial para o estabelecimento de reservatórios animais”, diz a OMS.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúnio -
Google search engine

Mais Populares

Comentários Recentes

Receba notícias
NE 360
Assinar!
Não enviaremos spam. Seus dados protegidos.